Archive

Archive for February, 2012

O gato que ri

Depois de meses volto por aqui, se fosse pra não voltar já teria deletado esse blog. Esses dias fui indagado por uma jornalista?! numa conversa informal, não era entrevista, ainda que fosse seria informal também, por eu não ser dado a outro tipo de discurso. Mas voltamos à jornalista: ela me perguntou, na verdade imperou, sobre meu dever em participar ativamente das redes sociais, afins de divulgar meus livros. Segundo ela, as redes sociais são o novo milagre, bem, discordo quanto ao novo, pois devido a avalanche de informações e novas mídias ocorrentes, a  palavra “novidade” se torna desatualizada em questão de dias. Outra discordância é em relação ao milagre, pois não existem milagres nas redes, ao não ser que existam banners, muitos deles depositando uma boa quantidade de grana na conta bancária do dono do gato que pula, ou do pai cafetão do bebê:  que tem um raciocínio normal, mas levando em conta o retardamento mental da família e de boa parte dos espectadores ávidos por um vídeo no you tube, esse se torna o gênio da semana.

A tal jornalista crê ingenuamente  em  milagres e novidades, o que me faz crer que também acreditou em papai noel até perder a virgindade. Mas voltamos a minha descrença em milagres, isso é claro, quando não se trata de gatos que pulam, ou de pequenos gênios do subúrbio.  O raciocínio é simples, matemático, e tem o nome de “proporção” e quem não gosta de xadrez, ou acha que matemática é só um emaranhado de continhas do ginásio, está desprezando uma lógica simples e caindo na esparrela da esperança ingênua que beira o boboca, que é esperar das redes sociais o milagre da fama, quando não existe ali, algum retardamento mental, ou a tal unanimidade burra, do impagável Nelson Rodrigues.

 

 

 

Categories: Uncategorized